Círculo Vicioso

Círculo Vicioso

O meu desejo por ti não se mede em quantidade,
Nem por extensão finita, que não é bem este o caso,
Não é algo de estalo, que aconteça por acaso;
O meu desejo por ti transcende a realidade.

O meu desejo por ti não tem fim, não tem começo,
É mistura inexplicável de inferno e paraíso,
É sentir num mesmo rosto o pranto e o sorriso;
De valor inigualável, meu desejo não tem preço.

Tento em vão compreender esse mistério instigante
Que me leva a te querer mais e mais a cada instante,
Que não cessa na carícia, no abraço ou no beijo,

Turbilhão de sensações, febril processo amoroso,
Fenômeno que só se explica como um círculo vicioso:
Pois quanto mais eu te tenho mais aumenta o meu desejo.

Oriza Martins

Eu e você... par perfeito! (Oriza Martins)

Eu e você: par perfeito!

O nosso amor representa
A simbiose completa
Da abelha com o mel,
Primavera com as flores,
Juventude e seus amores,
Astros, estrelas e o céu.

Brigamos?
Às vezes, sim,
Mas no dia a dia - não.
Nossas briguinhas, de fato,
São pra ajeitar o percurso,
Melhorar a relação!

Com mútua compreensão,
No respeito às diferenças,
Às predileções e crenças,
Curtimos intensamente
Nossa vida, nosso leito...
É tal a nossa união
Que somos, em conclusão,
Eu e você: par perfeito!

Aprendi com o Tempo... vídeo (N.Rogero)

---

Deus e Eu (Oriza Martins)

HTML clipboard
Deus e Eu


Como em toda relação,
Tivemos algumas crises,
Eu e o maior dos Juízes,
O Mentor da Criação.
Afastei-me, eu confesso,
Em horas equivocadas,
Transitando por estradas
Que já não mais atravesso.

Afastei-me... Fui ruim,
Faltei a Vós, é verdade,
Porém a Vossa amizade
Jamais faltou para mim.
Mesmo na ingratidão,
Doce luz me acompanhava,
Enquanto eu despertava
Pela Vossa compaixão.

Se saí da escuridão
Em que minh'alma sofria,
Quando, pra minha alegria,
Ungiu-me o Vosso perdão,
Mais do que nunca eu digo:
Sois o Amor em essência,
Misericórdia  e Clemência,
Meu Deus, meu Pai, meu Amigo!

© Oriza Martins

Olhar apaixonado...



Saudade, palavra doce,
que traduz tanto amargor!
Saudade é como se fosse
espinho cheirando a flor.

Aliança! Algema divina,
a mais doce das prisões;
uma prisão pequenina
que encerra dois corações.

Sem Mistérios e sem Medo (N.Rogero)



Gifs by Oriza - Lindos gifs, poemas, mensagens, recadinhos, scraps
Código-html
--------------------

Gifs, Cartões e Poemas de Lídia Vasconcelos

Clique na miniatura:
HTML clipboard


Poemas e Cartões de Lídia Vasconcelos

Clique na miniatura:
HTML clipboard




Primeiro Beijo (Oriza Martins)

HTML clipboard
Primeiro Beijo

Ele chegou de mansinho,
Fitando-a com carinho,
Sorriso doce no olhar...
Era o prenúncio, o sinal,
De quem queria, afinal,
Seu desejo revelar...

Primeiro, timidamente,
Depois, ansiosamente,
Apertou-a junto a si,
Procurou, ávido, sua boca,
Deixando-a inerte, louca,
Lábios quentes, de rubi...

Ondas fortes, poderosas,
Aroma de flor, de rosas,
Um instante divinal...
Momentos bons de magia,
Gosto puro de ambrosia,
Arrebatando o casal...

Ah!... meu sonho de juventude!...
Feliz foi minha atitude
De me entregar a esse amor,
Sem restrição e sem pejo,
A partir daquele beijo,
Que não esqueço o sabor!

Oriza Martins